terça-feira, 12 de julho de 2011

Escolhas, surpresas, expectativas [...]

Uma surpresa e uma expectativa não valem a mesma coisa. Às vezes algo que você está planejando não irá dar certo e você quebrará sua cara. Mas o que é pra acontecer tem sempre o momento certo. Se surpreenda e deixe que cada momento seja diferente para você. É bom estar preparado para tudo nessa vida, mas você não precisa de um roteiro para saber o que deve fazer ou como fazer.

Tudo que alguém espera é algo inesperado. Nem que for uma palavra, um sorriso ou até uma ação. Faça o achar que deve fazer. Algo que ninguém havia planejado. E é isso que estou dizendo. A surpresa deve vim do universo, do momento.

Não pense que algo é impossível. Mas também não despreze as coisas que acontecem de bom do seu lado. Às vezes uma bicicleta pode te apresentar o amor da sua vida. Sim! Pare e pense em cada escolha que você faz diariamente. Elas trilham um caminho para seu futuro. Você não escolhe apenas a roupa do dia, o que irá comer, aonde irá. Junto dessas escolhas do cotidiano, você escolhe quem vai conhecer, o que cada pessoa irá afetar na sua vida e até por quem irá se apaixonar.

O vídeo abaixo é uma cena do filme “ O Curioso caso de Benjamin Button” e explica muito bem o que cada escolha causa em nossas vidas.




Resumindo, a vida é uma agulha que passa por cada buraquinho e vai criando uma história. Costure seu futuro sem pensar no mesmo. Acredite nos outros e se arrisque. Nada de se arrepender do que não fez. Puro clichê que faz o MAIOR sentido de todos. Afinal, a vida é feita de escolhas e acho que as minhas estão corretas.   

Quero agradecer a todos vocês que estão lendo, afinal vocês fazem parte das minhas escolhas. Escolhas que começaram no dia em que nasci. 

PS: Amor, você foi a melhor coisa que me aconteceu nesses últimos anos. Tudo graças ao dia 20 de maio de 2011 e um tweet sem intenção. 

Para finalizar, como sou um palhaço, devo deixar uma frase que eu amo e que se encaixa perfeitamente aqui:
"Live or die. Make your choise." - Jigsaw

3 comentários:

  1. Eu sou como a bicicleta?
    Muito bom o texto, brother!

    ResponderExcluir
  2. O que é gostoso de se viver sempre dá medo.
    Adorei Eric :)

    ResponderExcluir
  3. Nossa muito bom o post, e o vídeo tbem, sensacional xD

    ResponderExcluir

Diga, eu anoto! ;D