sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

1ª 6ª 13.



Olhou para o lado e viu uma criança morta por inanição por entre os pedregulhos. Não havia nada de assustador naquela cena. Era mais um viciado em mais uma sexta-feira caído na calçada do centro de São Paulo. E aquilo não mudaria por ser uma sexta 13. Nem mesmo uma de Janeiro. Nem mesmo uma criança. Nem mesmo para o crack.

Um comentário:

  1. "E aquilo não mudaria por ser uma sexta 13." É.
    Muito bom o texto!

    ResponderExcluir

Diga, eu anoto! ;D